8 e 9 de Junho, 2017

Sala SP e Hotel Tivoli


Palestrantes Confirmados



Painel 1 – Perspectivas Macroeconômicas


Brazil

Fabiana D'Atri



Economista Coordenadora do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos do Bradesco

Fabiana DAtri é economista coordenadora do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos do Bradesco. Ela também foi economista do BBI Banco Bradesco de Investimento. Além da experiência no Bradesco, trabalhou na Mauá Asset Menagment, na Tendência Consultoria e no Banco Real ABN AMRO. Graduada em Economia pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em Economia pela Escola de Economia Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV). Sua linha de pesquisa atual é focada na análise de economia chinesa, além do acompanhamento das questões macroeconômicas brasileiras.




Painel 2 – Desafios do Abastecimento Mundial do Café


Brazil

Mauricio Lopes



Nascido em Bom Despacho, Estado de Minas Gerais, graduouse em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (MG), fez mestrado em Genética pela Universidade de Purdue (EUA), doutorado em Genética Molecular pela Universidade do Arizona (EUA) e foi pesquisador visitante do Departamento de Agricultura da FAO-ONU (Roma-Itália). Atuou como pesquisador da Epamig e, desde 1989, integra o quadro da Embrapa. Na Empresa, foi pesquisador e líder do programa de melhoramento genético de milho e ocupou a chefias-adjuntas de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Embrapa Milho e Sorgo e da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia; a chefia do Departamento de P&D; a Diretoria-Executiva de P&D e a Coordenação do Labex Coréia, programa de cooperação internacional da Embrapa na Ásia. Foi membro do Conselho Científico da Fundação Agropolis, na França, entre 2007 e 2012. De 2013 a 2016, foi membro do Comitê Executivo do Fundo Global para Conservação da Diversidade de Cultivos, em Bonn, na Alemanha. Atualmente é membro dos Conselhos Científicos do Painel Global em Agricultura e Sistemas Alimentares, em Londres, Reino Unido; e do Centro Global para Alimentação, da Universidade da Califórnia, Davis. Em 2014 recebeu o título de Ex-Aluno de Destaque em Agricultura da Universidade de Purdue, nos Estados Unidos. Em 2015 foi agraciado com a Ordem do Mérito Agrícola, concedido pelo Governo da França. Atualmente, é presidente da Embrapa, cargo que assumiu em 2012.

Currículo completo, acesse: http://lattes.cnpq.br/6574767341417523
Citações no Google Scholar: https://scholar.google.com.br/citations?user=xJ6QTb8AAAAJ&hl=en





Brazil

Evaristo Eduardo de Miranda



Evaristo Eduardo de Miranda é paulistano, agrônomo, tem mestrado e doutorado em ecologia pela Universidade de Montpellier na (França). Com várias centenas de trabalhos técnicos e científicos publicados no Brasil e no exterior, é autor de 47 livros. Pesquisador da Embrapa desde 1980, ele implantou e dirigiu três centros nacionais de pesquisa. Estudioso da agricultura nacional, foi professor e orientador de mestrados e doutorados na Universidade de São Paulo – USP e na Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. Trabalha com desenvolvimento sustentável e em suas pesquisas sobre gestão territorial do agronegócio busca conciliar proteção ambiental e produção agrícola. Em sua carreira já realizou pesquisas em todos estados da Federação. Escreve regularmente em diversos jornais e revistas. É consultor de instituições de pesquisa e desenvolvimento, nacionais e internacionais, como FAPESP, FAO, OEA, UNESCO e atua em diversos países na área de agricultura e gestão territorial. Recebeu diversas honrarias: a Ordem do Mérito Militar, a Ordem de Rio Branco do Itamaraty e o Prêmio Abril de Jornalismo na categoria Ciências. Foi coordenador na Secretaria de Acompanhamento e Estudos Institucionais da Presidência da República. Atualmente é diretor do Instituto Ciência e Fé, Chefe Geral da Embrapa Monitoramento por Satélite, onde também coordena o Grupo de Inteligência Territorial Estratégica – GITE.

http://www.evaristodemiranda.com.br/





Brazil

José Dauster Sette



José Dauster Sette assumiu o cargo de Diretor-Executivo da Organização Internacional do Café (OIC) em maio de 2017. Antes de retornar à OIC, ele foi Diretor-Executivo do Comitê Consultivo Internacional do Algodão (CCIA) de janeiro de 2014 a abril de 2017. Ele trabalhou anteriormente na OIC como Diretor-Executivo interino de novembro de 2010 a novembro de 2011, e como Chefe de Operações de novembro de 2007 a dezembro de 2012.

Sr Sette tem ampla experiência como consultor a entidades de classe, especializando-se em assuntos ligados ao comércio internacional, e foi Superintendente de Desenvolvimento da Federacão do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ) e Secretário-Geral da Associação Brasileira dos Exportadores de Café (Abecafé). No setor privado, ele trabalhou durante dez anos na Inter-Continental de Café S.A., na época uma das maiores exportadoras de café do Brasil, onde exerceu as funções de trader e chefe do Departamento Técnico. Ele também trabalhou no Banco Inter-Americano de Desenvolvimento (BID) e começou sua carreira no Instituto Brasileiro do Café, a agência governamental responsável por regular o setor cafeeiro no Brasil.

Sr. Sette possui um MBA com especialização em finanças da American University em Washington, DC, EUA, e um bacharelado em ciências administrativas pela Yale University, EUA.




Painel 3 - Fluxo do consumo mundial de café


United States

Rodrigo Corrêa da Costa



Rodrigo Corrêa da Costa é diretor de Commodities da Comexim USA em Nova Iorque, responsável pela divisão de trading do grupo na América do Norte.

Além de sua função atual na empresa o Rodrigo tem uma experiência consolidada na indústria cafeeira, desde compras, comercialização, vendas e gerenciamento de riscos tanto na origem como no destino.

Como árbitro do contrato “C”, Rodrigo faz parte de um seleto grupo de profissionais que avaliam a elegibilidade de cafés a serem entregues na bolsa da ICE.

Academicamente a formação de Rodrigo foi em Administração de Empresas, tendo também um MBA em Contabilidade e Finanças pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP).

Outras especializações foram feitas em Gestão de Risco na Universidade Columbia em Nova Iorque, Derivativos Agrícolas na BM&F e atualmente ele está estudando para uma certificação em Finanças Quantitativas pelo CQG Institute – Paul Willmott.





Brazil

Lara Brans



Lara Brans, Presidente da JDE Brasil, é formada em Economia (Msc) pela Universidade de Rotterdam com extensão no programa de Diretores da GAICD na Austrália. Com 26 anos de experiência profissional, iniciou a sua trajetória de sucesso como consultora de Marketing & Estratégia. Na antiga Sara Lee, assumiu posição estratégica na divisão de “Out Of Home - Consumo fora do lar” na Holanda, sendo convidada, mais tarde, para a diretoria regional de Aromatizadores de Ambientes (Ambi Pur) na Ásia-Pacífico. Seguida pela presidência do Conselho Administrativo local, respondendo pela divisão de cafés na Austrália e Nova Zelândia. Mais recentemente, em 2015, assumiu o desafio de liderar a operação de cafés da JDE no Brasil, um dos mercados mais promissores da Companhia, que é líder mundial totalmente dedicada ao mercado de cafés e chás com sede na Holanda. No Brasil, é detentora das marcas de café Pilão, Damasco, Caboclo, Café do Ponto, LOR, Seleto e agora também, Pelé.